Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa

VOMOLP: Vocabulário Ortográfico Moçambicano da Língua Portuguesa

O Acordo Ortográfico (AO) de 1990 é um tratado firmado pelos países de língua oficial portuguesa e tem como objetivo a criação de uma ortografia unificada da língua portuguesa no seio dos países subscritores do Acordo. A fim de garantir a sua aplicação eficiente, por incumbência da CPLP ao IILP no Plano de Ação de Brasília, em 2010, e por subsequente decisão do Conselho Científica do IILP (Instituto Internacional de Língua Portuguesa), em 2011, acordou-se em criar um Vocabulário Ortográfico Comum (VOC) que reuniria os Vocabulários Ortográficos Nacionais (VON) dos países-membros. O VOC é, pois, uma plataforma de suporte à normalização e política linguística, constituindo-se, assim, num instrumento que permite uma gestão mais democrática, inovadora e supranacional da língua portuguesa. É neste contexto que se enquadra a elaboração do Vocabulário Ortográfico Moçambicano da Língua Portuguesa, o VOMOLP.

A necessidade da criação de recursos para aplicação do AO em Moçambique prende-se com o facto de que não existiam, até agora, recursos linguísticos de caráter normalizador que sejam representativos da língua portuguesa escrita neste país, pelo que muitas palavras usadas - tanto as decorrentes da vitalidade criativa intrínseca de qualquer língua, como as que têm origem nas línguas bantu e outras faladas em Moçambique - não têm a sua grafia estabilizada.

O VOMOLP tem como objetivo veicular uma norma ortográfica do português de Moçambique, integrando, pois, todas as palavras que constituem o universo linguístico desta variedade do português. Na sua primeira edição, o VOMOLP tomou como base diversas fontes, de entre outras:

  • Mini-dicionário de Moçambicanismos de Hildizina Dias (2002);
  • Moçambicanismos - para um léxico de usos do português moçambicano, de Armando Jorge Lopes et al. (2002);
  • Houaiss Século XXI. Temas e Debates, de Houaiss & Villar (2008);
  • Moçambicanismos: um glossário com algumas imagens de Vítor Santos Lindegaard (2014);
  • Vocabulário Ortográfico do Português, do Instituto de Linguística Teórica e Computacional (2010);
  • Cozinha tradicional de Moçambique, de Paola Rolleta (2004);
  • Dicionário da Língua Portuguesa, da Porto Editora (2010);
  • Catálogo de Instrumentos Musicais de Moçambique, de Duarte, M. L. Teixeira (1980);
  • Textos literários produzidos por escritores moçambicanos;
  • Diversos periódicos produzidos em Moçambique;
  • Documentos diversos produzidos/publicados nas seguintes instituições:
    • Assembleia da República;
    • Portal do Governo de Moçambique;
    • Instituto Nacional de Estatística;
    • Instituto de Investigação Agrária de Moçambique;
    • Instituto Nacional de Desenvolvimento da Aquacultura;
    • Instituto Nacional para o Desenvolvimento da Educação;
    • IMPACTO - Projetos e Estudos Ambientais.

Metodologias

- Obtenção/recolha de dados lexicais, a partir de fontes escritas autênticas, diversificadas e com dimensão que garanta a representatividade das diversas áreas do saber, organizadas num corpus com 30 milhões de átomos / tokens;

- Organização, tratamento e processamento dos dados recolhidos;

- Produção de um léxico com formas apenas usadas em Moçambique, com particular enfoque para topónimos e gentílicos e outras formas oriundas de línguas bantu, por vezes ainda não adaptadas ao português;

- Recolha sistemática dos topónimos com relevância administrativa;

- Sistematização dos dados e produção do Vocabulário Ortográfico e subsequente revisão.

VOMOLP: Vocabulário Ortográfico Nacional de Moçambique

O VOMOLP – 1.ª edição – contém um léxico de frequência do português de Moçambique, com mais de 40 000 entradas atestadas nacionalmente, com flexão completa e divisão silábica de todas as entradas.

Trata-se de palavras não só atestadas em obras de referência, como também provenientes das línguas bantu, com as quais o português mantém contacto em Moçambique. Para o caso destas últimas, o VOMOLP dispõe de formas adaptadas à ortografia do português, conforme parâmetros consensuados pelo Corpo Internacional de Consultores criado para a harmonização de fixação de critérios de aplicação do Acordo Ortográfico, consubstanciados numa Sistematização das Regras de Escrita do Português.

A informação fornecida no VOMOLP inclui, pois, características formais do léxico do português de Moçambique, tais como a ortografia, a flexão, a classe gramatical. Inclui também um vasto vocabulário onomástico (toponímico) e, gradualmente, incluirá mais léxico de especialidade, cobrindo em particular nomes de espécies vegetais e animais não existentes noutras partes do mundo em que o português é falado.

Pela nova representatividade lexicográfica que traz ao português de Moçambique, pela sistematização dos critérios de adaptação e de grafia das palavras empregadas diariamente por moçambicanos mas que até aqui não encontravam registo e legitimação nos produtos dicionarísticos, o VOMOLP é antes de tudo um instrumento de cidadania que esperamos poderá conduzir à produção de novos recursos essenciais para o dia a dia dos moçambicanos.

A base de dados do VOMOLP tem disponível informação sobre a grafia das palavras e não só; para cada entrada lexical, pode-se também encontrar informação relativa à sua flexão, à divisão silábica e à tonicidade, bem como as relações entre variantes e a frequência de cada entrada no corpus nacional.

O VOMOLP fornece informação atestada nas fontes selecionadas, nomeadamente vocabulários, dicionários e corpora de referência da língua portuguesa. Para que uma palavra figure no VOMOLP é necessário que esteja atestada em, pelo menos, uma das fontes tomadas como referência.

O VOMOLP será atualizado periodicamente e alimentado com novas formas que ocorrerem na língua, em particular formas registadas no Observatório de Neologismos do Português de Moçambique, após validação, de acordo com os critérios já estabelecidos.

Como citar esta obra:
Machungo, Inês (coord.) (2017). VOMOLP - Vocabulário Ortográfico Moçambicano da Língua Portuguesa. Maputo: Cátedra de Português Língua Segunda e Estrangeira.